Coesão, transparência e eficiência
no comércio de produtos ecológicos

Como Funciona

 

Feirantes

 

A Terrestre não possui produtos próprios, apenas fornece a plataforma para que produtores ou intermediários, os quais chamamos de feirantes, exponham e comercializem seus produtos. Os feirantes podem comercializar produtos próprios e de terceiros.

 

 

Cidades e Feiras

 

Os feirantes devem obrigatoriamente indicar no cadastro de cada um dos seus produtos em quais cidades estes estarão disponíveis para retirada/entrega. Assim, os consumidores poderão filtrar a listagem de produtos de forma que apenas os produtos disponíveis em sua cidade sejam exibidos.

 

Para proporcionar eficiência logística, favorecer o comércio local e aproximar feirantes e consumidores, a Terrestre trabalha com o conceito de feiras virtuais, disponíveis em determinadas cidades. Uma mesma cidade pode abrigar várias feiras.

 

Cada feira é formada por um grupo de feirantes que se dispõem a realizar as entregas aos consumidores periodicamente na mesma data e local. Assim, estes podem adquirir produtos de vários feirantes em uma única compra e retirar (ou receber, caso a feira ofereça esse serviço) a sua encomenda na data e local referentes à feira em questão.

 

Ao acessar a listagem de produtos de uma cidade, as feiras nela disponíveis serão exibidas no filtro lateral à esquerda. Assim, o consumidor tem a opção de filtrar os produtos por feira.

 

 

Como Funciona - Cidades e Feiras

 

 

As feiras são independentes entre si, apesar de um feirante ser capaz de participar de mais de uma feira ao mesmo tempo, sempre obedecendo às regras de exposição de produtos e de entregas de cada uma. Toda feira possui um representante, feirante responsável pelas configurações da mesma na plataforma. Não se descarta a possibilidade de haver feiras com um único feirante, nesse caso, o seu representante.

 

Cada feira possui próprio(a):

 

- Página (ex.: terrestre.eco.br/cidade-x/feira-y.html);

- Proposta (ex.: Apenas produtos orgânicos e artesanais provenientes da agricultura familiar);

- Periodicidade (ex.: Semanal);

- Período de recebimento de pedidos (ex.: De domingo às 12:00h a terça-feira às 12:00h);

- Data de entrega/retirada (ex.: Quartas-feiras entre 14:00h e 18:00h);

- Forma de entrega/retirada (ex.: Entrega em domicílio ou retirada no endereço “xyz”, a critério do cliente);

- Representante;

- Regras extras, caso se aplique.

 

As feiras não são necessariamente criadas pelos próprios feirantes. Qualquer pessoa, empresa ou grupo, pode conceber uma feira com suas próprias regras, contanto que haja feirantes dispostos a comercializarem seus produtos nela e seja autorizada pela Terrestre. Caso tenha interesse em organizar uma feira, entre em contato conosco.

 

 

Entrepostos

 

Na maior parte das vezes as feiras precisam de entrepostos, que são locais para a retirada das encomendas. O entreposto deixa de ser necessário apenas nos casos em que a feira trabalha exclusivamente com entrega diretamente no endereço do comprador. Listamos abaixo alguns exemplos de configuração de feiras e entrepostos:

 

Feira-Livre

 

Nesse modelo, a feira virtual da Terrestre está associada a uma feira-livre real, que atua como entreposto. Os consumidores podem comprar pelo site e retirar as encomendas pessoalmente na banca de cada feirante. Inúmeras vantagens podem ser obtidas dessa associação, dentre as quais destacamos:

 

- Praticidade ao consumidor, que pode saber de antemão quais produtos estarão disponíveis na feira, assim como deixar os produtos que deseja já reservados e pagos, bastando fazer a retirada;

- Feira pode oferecer aos clientes serviço de entrega dos produtos encomendados;

- Maior previsibilidade de demanda ao feirante, que além de ter garantida a venda dos produtos já encomendados, pode estimar a venda presencial que terá na feira com base na quantidade previamente encomendada;

- Feirantes que não possuem disponibilidade de estarem presentes durante todo o período de duração da feira-livre, podem trabalhar apenas com vendas sob encomenda.

 

Grupo de Consumidores

 

Um grupo de consumidores pode se organizar e criar uma feira com suas próprias regras, como dia, horário e entrepostos nos quais os feirantes entregarão as encomendas. O grupo pode se comprometer, por exemplo, a gerenciar e separar os próprios pedidos, reduzindo a mão-de-obra dos feirantes, podendo obter descontos junto a eles com isso. Algumas sugestões de grupos de consumidores são:

 

- Pessoas com hábitos de consumo semelhantes;

- Funcionários de empresas;

- Moradores de condomínios;

- Associações;

- Escolas;

- Hospitais;

- Clubes.

 

Pontos comerciais

 

Um ponto comercial alinhado com os princípios da Terrestre pode se colocar como um entreposto para retirada das encomendas, podendo incluir seus próprios produtos na página da feira. A sinergia gerada entre o proprietário do ponto comercial, feirantes e consumidores, inclui:

 

- O proprietário atrai para o seu estabelecimento consumidores interessados nos produtos dos feirantes, que não deixam de ser potenciais consumidores dos seus próprios produtos/serviços;

- O proprietário passa a contar com um canal extra de exposição, divulgação e venda dos seus produtos, a internet, através da feira virtual;

- O contato entre as partes pode propiciar oportunidades de negócios, por exemplo, o feirante pode vir a ser tornar um revendedor dos produtos do proprietário do ponto comercial e vice-versa;

- Os clientes do estabelecimento comercial podem vir a se tornar clientes dos feirantes e vice-versa;

- O consumidor tem a comodidade de retirar sua encomenda em um ponto comercial de fácil acesso;

- O consumidor pode adquirir produtos/serviços de naturezas distintas em um mesmo local.

 

 

Distribuidores

 

São pessoas físicas ou jurídicas que operam centralizando o recebimento e entrega das encomendas, recebendo-as dos feirantes e despachando-as aos entrepostos ou diretamente ao endereço dos compradores. Além da distribuição de produtos de terceiros, o distribuidor pode comercializar seus próprios produtos, atuando também como um feirante.

 

Distribuidores podem oferecer uma gama de serviços tanto aos consumidores quanto aos feirantes, cobrando por isso. Exemplo:

 

- Despachar encomendas aos entrepostos, entrega em endereço e horários específicos, entre outras facilidades;

- Gerenciar o sistema da Terrestre para os feirantes;

- Separar os pedidos, dispensando os feirantes dessa tarefa.

 

 

Frete

 

Na Terrestre, os fretes são separados por feirante. No momento de finalizar a compra, o consumidor deve selecionar uma forma de frete para cada feirante que fizer parte do pedido. Os feirantes contam com três ferramentas diferentes de frete para disponibilizarem formas de entrega aos consumidores:

 

Entrega em Feiras

 

Durante o processo de criação de uma feira, o seu representante deve informar à Terrestre quais formas de entrega os feirantes pretendem oferecer e quanto pretendem cobrar. A seguir, a Terrestre cria as formas de entrega e as associa à feira em questão. Caso o consumidor adicione ao carrinho de compras um produto que foi marcado pelo feirante como pertencente a esta feira, todas as formas de entrega associadas a ela serão exibidas pera o respectivo feirante.

 

Correios

 

A Terrestre possui integração com os Correios. Caso o feirante deseje oferecer aos consumidores essa opção de entrega, basta ativá-la e configurá-la em seu Painel do Feirante. O cálculo do frete é realizado automaticamente de acordo com os atributos do produto e o local de origem e destino da encomenda.

 

O feirante deve marcar a opção “Todo o Brasil (via Correios)” na seção de Cidades e Feiras do cadastro de produto, pois assim os consumidores saberão que tal produto pode ser entregue dessa forma.

 

Entrega Própria

 

Cada feirante cria e fornece opções próprias de frete, oferecendo condições de entrega/retirada de acordo com sua capacidade logística. Por exemplo, um feirante pode disponibilizar ao consumidor a opção de retirar a encomenda gratuitamente em um endereço específico, ou de recebê-la em qualquer endereço do município onde o feirante atua ao custo de R$10,00.